Select Page

Este é um tema que já está sendo muito falado mas vejo o quanto é importante voltar e voltar a falar dele tantas vezes forem necessárias. Isso porque ele é recorrente nas pessoas que vem fazer a mentoria comigo e vejo que é bastante comum acontecer, a já famosa, síndrome de impostor.

 

O que é a síndrome de impostor? Essa sensação que se carrega de que está vendendo algo que no fundo você não é ou não sabe fazer, quando na verdade você já está mais do que preparado para fazê-la. Vamos lá!

 

Sabemos que existe muitos impostores por aí e sabemos também que se você abriu esse e-mail você não é um deles. Isso porque os impostores nem sequer fazem um exame de consciência se deveriam ou não, eles simplesmente mentem e não tem uma grande questão com isso. Esse não é seu caso, certo?

 

A síndrome do impostor é esse sentimento constante de insegurança que não nos permite ir além daquilo que já conhecemos sobre nós mesmos. Toda vez que arriscamos mudar e investir em um caminho novo, que vamos nos mostrar ao mundo com uma nova identidade, mais conectada com nossos desejos atuais, sentimos sim a insegurança do risco. Ela é totalmente natural mas não deve te paralisar e não quer dizer que você seja um impostor por desejar se lançar em novos mares.

 

Quando você está começando um novo negócio, às vezes totalmente diferente de seu trabalho atual, em primeiro, as pessoas sabem que você está começando esse novo negócio, portanto você está sendo sincero sobre sua condição iniciante e em segundo, o valor que você cobra inicialmente não é o valor que uma pessoa que está no mercado há anos cobra, certo? E por aqui, você já deixa claro que você está ganhando experiência nessa área. Portanto não há nada de errado ou de enganoso nisso. É preciso começar e para começar você precisa se permitir não ter ainda tanta experiência no assunto e ir adquirindo ela… se não, nunca terá.

 

Vale lembrar que nosso sistema educacional atual não nos ajuda neste ponto. Passamos muitos anos dedicados a uma formação acadêmica que é oposta ao empreendedorismo e que se você não seja seguir carreira acadêmica ou corporativa de pouco vai te servir. Infelizmente, essa realidade atual nos faz acreditar que precisamos nos formar, ter mestrado, doutorado, ser PHD em algo para só depois podermos dar um simples e primeiro passo, em busca de um primeiro cliente.

 

Veja bem, estudar é maravilhoso! Eu mesma já fiz muito e muitos cursos de formação antes de iniciar esse caminho. Mas chega um momento que você precisa começar e começar algo novo sempre nos dá medo.

 

Sentir medo é natural, qualquer criança sente medo quando vai começar a andar mas ela vai mesmo assim. O que escrevo aqui é que se você sente que já está na hora de entrar em ação, simplesmente faça isso, não se paralise pela opinião das pessoas à sua volta. Você não é mesmo um impostor, você só está se dando a chance de trabalhar com algo que  te realiza mais e isso é tão legítimo e corajoso que nem você mesmo se dá conta.

 

Respire fundo, se precisar escreve para mim mas me promete só uma coisa: não deixe de ir e eu te prometo de volta, vale a pena!

 

😉 Pi.

********************

Já está seguindo a gente no Instagram e no Facebook? 

Facebook: @profissao360

Instagram: @profissao360

 

************

 

Receba o ebook "O NASCIMENTO DO EMPREENDEDOR"

Autoconhecimento e um planejamento integral para sua jornada empreendedora.



Seu email foi cadastrado com sucesso!

Pin It on Pinterest

Share This