Select Page

Quando estamos preparando uma pessoa para a gestão de um novo negócio na “Mentoria Profissão 360”, fazemos sempre uma análise de suas forças e suas fraquezas e hoje vou falar mais sobre elas aqui para vocês.

 

Para começar um projeto novo de empreendedorismo, caminhamos aqui no Profissão360 bem grudadinhos com o autoconhecimento, você já deve ter percebido isso, né!? rs. Pois é. É ele o tempero essencial para cada passo da gestão de um novo negócio e arrisco dizer que é ele que vai determinar o sucesso ou o fracasso de um projeto.

 

Isso porque o empreendedorismo está totalmente conectado com você e se você não se conhecer bem, vai muito provavelmente, assumir riscos dos quais não pode dar conta ou deixar passar oportunidades que se sairia muito bem. Posso te contar que conheço inúmeras dessas historias e se você ainda acha que autoconhecimento não é importante, sugiro que procure a biografia dos maiores empresarios do mundo e vai descobrir como eles fizeram para levar um projeto do zero ao sucesso extraordinário. É sim, autoconhecimento na veia! Portanto se você deseja mergulhar no mundo dos empreendedores, ou se já está nele, se prepare para estar sempre conectado com sua consciência, auto observação e presença. Não há mesmo outro caminho, certo!?

 

Então vamos lá! Na análise de suas forças e suas fraquezas, você vai levantar as possibilidades de seus pontos fortes e seus pontos fracos e perceber quais caminhos deve seguir para equilibrar a gestão de seu novo projeto. Ou seja, se você é uma pessoa criativa e gosta de ter ideias e criar planos de comunicação, mas tem dificuldade em se organizar e cuidar das finanças, para a gestão de seu novo projeto, você precisará ou se aliar a uma outra pessoa com as características que te faltam, ou estudar sobre organização e finanças e desenvolver essa outra habilidade.

 

Você não deve iniciar seu projeto antes de fazer uma profunda análise de suas forças e fraquezas ou das forças e fraquezas de sua equipe e a partir dela, equilibrar os pontos fracos e valorizar os pontos fortes. É nesse equilíbrio que você vai encontrar fluidez para levar seu projeto adiante. E se você já iniciou seu projeto e não sabe o que está dando errado, sugiro que você pare agora e faça essa análise, ela é mesmo muito importante.

 

Em meu trabalho, estou o tempo todo reorganizando esse equilíbrio e descobrindo novas dinâmicas de fortes e fracos para equilibrar. O processo de autoconhecimento é continuo e sempre você consegue achar pontos cegos que não percebia antes no decorrer do tempo, por isso se fala tanto sobre o ato de descascar cebolas, a cada casca que se tira há outra e mais outra. O que torna a vida bastante interessante e mágica quando nos permitimos essa dinâmica interna e mantemos os olhos atentos para o que acontece a nossa volta, percebemos que ela mesma tende a se auto equilibrar e quando você menos imagina, o que você estava precisando aparece em seu caminho.

 

Olhar para seus pontos fortes e fracos não é um processo de rigidez e dureza onde enfatizamos a falta, mas um processo de descobertas, interdepedências e conexão com a rede que nos abre para novos caminhos que nem sequer imaginávamos.

 

Confie! Pi. 😉

____________________________________

 

Receba o ebook "O NASCIMENTO DO EMPREENDEDOR"

Autoconhecimento e um planejamento integral para sua jornada empreendedora.



Seu email foi cadastrado com sucesso!

Pin It on Pinterest

Share This